Press Releases Data de Publicação 6/18/2018

RE-FOOD: MAR SHOPPING MATOSINHOS TORNA-SE NO PRIMEIRO CENTRO A ACOLHER UM CENTRO DE OPERAÇÕES DO MOVIMENTO

MAR Shopping Matosinhos torna-se no primeiro centro a acolher um centro de operações do movimento

RE-FOOD ARRANCA EM LEÇA DA PALMEIRA ATENTA A “UMA FREGUESIA ENVELHECIDA QUE PRECISA DE APOIO” 

Matosinhos, 18 de junho de 2018 

Segundo os últimos Censos (2011), Matosinhos tem uma população de 175.478 habitantes, 28,2% dos quais residem em Matosinhos – Leça da Palmeira. Dos 49.486 habitantes desta freguesia, 16,8% tem 65 ou mais anos, mais 33,7% que em 2001. É o crescente envelhecimento da população, a que se juntam as carências advindas dessa realidade, que uniu 60 voluntários e 20 gestores em torno da criação de um Centro de Operações que é o 46ª núcleo Re-food em Portugal, o sexto no Grande Porto e o segundo no concelho de Matosinhos. O núcleo abriu ontem, 17 de junho, no MAR Shopping Matosinhos, que se torna assim no primeiro centro comercial a acolher um centro de operações Re-food.

Foi em dezembro de 2014 que os pioneiros desencadearam o processo para abrir o centro Re-food Leça da Palmeira. Realizada em julho de 2015 a reunião sementeira, a principal dificuldade residia em encontrar instalações apropriadas para a operação de solidariedade. Foi o MAR Shopping Matosinhos que, no âmbito da sua política de responsabilidade social “AMAR Quem Mais Precisa”, se abriu à possibilidade de acolher o centro.

“O movimento Re-food replica-se consoante a boa vontade e o empenho dos cidadãos em cada comunidade. No caso de Leça da Palmeira, esses cidadãos, pela sua determinação, e os parceiros que os ajudaram, como o MAR Shopping Matosinhos, que, com um sentido de responsabilidade social notável, cedeu as instalações para que o centro de operações se tornasse uma realidade, estão de parabéns”, congratula-se Hunter Halder, presidente da Re-food.

 

Privacidade dos beneficiários assegurada

Numa fase inicial, o núcleo de Leça da Palmeira propõe-se a apoiar cinco famílias da freguesia. “Temos, neste momento, assinaladas 20 e sabemos que serão mais. Vamos, no entanto, arrancar com um grupo mais pequeno para podermos ir alargando a nossa operação com segurança. O objetivo é chegarmos a estes 20 agregados a médio prazo”, explica o responsável.

A recolha junto dos parceiros – restaurantes, cafés, supermercados, entre outros – será realizada pelos voluntários de domingo a quinta-feira. Os excedentes são levados para o centro de operações para serem quantificados, catalogados e devidamente separados para cada família beneficiária. De seguida, as refeições são levadas para o Centro Franciscano Pastoral de Ação Social de Leça da Palmeira, onde serão levantadas pelos agregados. Será combinado com cada um um horário diferente para que não se cruzem, assegurando-se assim a privacidade dos beneficiários.

Recorde-se que a Re-food, um movimento que tem merecido o apoio de diversas personalidades e entidades, como é o caso do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, visa terminar simultaneamente com o desperdício alimentar e com as necessidades alimentares nas comunidades locais, recolhendo e condicionando os alimentos excedentes de restaurantes, cafés, supermercados e outros, que, de outra forma, seriam desperdiçados, distribuindo-os junto de quem mais necessita.

Para o MAR Shopping Matosinhos, “acolher um centro de operações de um movimento tão meritório, com uma ação ambiental e social tão completa, que, ao mesmo tempo, reduz o desperdício alimentar e a carência junto de famílias necessitadas, é uma iniciativa que está completamente enquadrada no nosso espírito de contribuirmos ativamente para a sustentabilidade ambiental, social e económica da comunidade em que estamos inseridos”, relembra Sandra Monteiro. A diretora-geral afirma-se “honrada por sermos o primeiro centro comercial a acolher este movimento. Desejamos que a comunidade se una em torno desta missão e que possamos, juntos, contribuir efetivamente para a redução do desperdício e apoio à população carenciada da freguesia.”

De referir que o núcleo Re-food Leça da Palmeira está certificado pela Norquali – Consultoria em Segurança Alimentar.

Sobre a IKEA Centres

A IKEA Centres faz parte do Grupo IKEA, empresa com mais de 40 anos de experiência a gerir centros comerciais de sucesso. Atualmente, acolhemos e servimos mais de 460 milhões de visitantes por ano, um número que irá chegar a um bilião nos próximos cinco a sete anos. Os nossos clientes crescem em número e em vontade de connosco, viverem as melhores experiências e assim continuará a acontecer quando passarmos das atuais 43 localizações em 15 países para mais de 70 em 2025. Os nossos lojistas e parceiros também se mantêm e crescem connosco, sendo atualmente 1.600 as marcas que operam em 7.000 lojas. A Visão IKEA – “Criar um melhor dia-a-dia para a maioria das pessoas” – sempre nos guiará. São as pessoas que nos ajudam a concretizar diariamente esta visão extraordinária.

Sobre a Re-food

A Re-food começou como uma ideia no final de 2010. A Re-food 4 Good - Associação (uma Associação, e já IPSS, portuguesa sem fins lucrativos) foi formada no dia 18 de julho de 2011 para servir o Projeto entretanto já existente. É um esforço eco-humanitário, independente, 100% voluntário, orientada por cidadãos, que trabalham para eliminar o desperdício de alimentos e a carência alimentar em cada bairro.

O Movimento Re-food e a associação procuram atingir e manter a transparência organizacional. Assim, cada centro de operações tem a obrigação de tornar pública a sua folha de serviços, operações financeiras e todos os dados pertinentes para a comunidade local avaliar.